sexta-feira, 23 de maio de 2008

Não me venham com merdas !

Este post é do estilo ordinarete - fica o aviso - , mas, é com todo o respeito que me mereçem os nossos deputados. Eleitos para nos representarem e construirem leis para a comunidade que representam. Sugiro que na muy nobre arte de legislar ponham mais ênfase na aplicabilidade da lei. É que leis, temos muitas, mas, a sua aplicação depende do status e situação económica de cada um. Portanto vejam lá esse pormenor, se claro, tiverem um tempinho.
º
A questão dos vôos da CIA que passaram em Portugal para Guantanamo é um assunto importante, mas, q.b. .
Toda a gente sabe que a CIA caga e mija em cima do governo português quando quer. Seja Sócrates, Santana ou Durão. Para quê tanto fogo-de-artifício quando sabemos que os fazem à mesma e às claras. Ou alguém esperava que dissessem - Em Portugal no passaran!!
Com todo o respeito, mas, parece-me que Ana Gomes e Carlos Coelho andam à procura de protagonismo.
O que procuram estes dois, pôr CIA em causa ? A CIA treme por eles. Eles nem estão aí para eles, coitados.
Preocupem-se com o nosso País, o aumento da diferença entre ricos e pobres, 25% das crianças vivem no limiar da pobreza, 2 milhões de pobres, familias super-endividadas, baixos salários, precariedade laboral, filhagem de putagem até mais não.
º
Quanto estiverem nos vossos almoços no 1.15 e afins ao pé de São Bento lembrem-se que há um País a sofrer. A CIA é o que menos lhes importa. O saldo de suas penosas contas bancárias só de olhar são a sua importância diária.

14 comentários:

Miss Piggy disse...

Meu caro Zorze, o que é que esses pobres podem lhes dar? que beneficio dão eles ao pais? Hoje em dia o que interessa não são as pessoas mas o que elas podem dar... com a CIA talvez eles ganhem uns trocos do "tio Busch". É assim este portugalinho todo podre....


Beijinhosss e Abacinhosss

poesianopopular disse...

Este PS está cheio de lebres, para todos os fins, quando é de seu interesse lá soltam uma, só para desviar as atenções, corre corre faz o ciclo, e volta à base, e os papalvos ficam entretidos com estes fait-divers.
Abraço

Nicolaias disse...

Ainda continuo a pensar porque é que com tantos bloguistas com tanta informação ainda não saiu ninguém para a rua para manifestar-se a sério: palestras é um bom começo, mas um encontro sério de bloguistas talvez seja uma boa ideia também.
"Venha no que vier a dar, assim não podemos ficar (...) seja homem ou mulher, estou para o que der e vier" já cantava o Fausto... mas parece que o estado de adormecimento do povo português é grande demais: contenta-se em despejar raivas e frustrações no mundo virtual, mas falta-lhe a coragem e a motivação para procurar agir como agente transformador de sociedade no mundo real.
Mas eu compreendo as dificuldades: moro no Brasil há quase 2 anos e realizo palestras aqui. Neste país (principalmente na zona onde vivo, onde o a quantidade de analfabetos, desinformados e lavados cerebrais é imensa) a grande barreira é a fraquíssima educação e baixa disciplina populacional, o que dificulta a transmição clara do que está realmente a passar-se com a Nova Ordem Mundial.
Ainda assim, existe muita gente que compreende e tem iniciativa para agir, formar grupos, criar acções de esclarecimento.
Porém, em Portugal, penso que o grande problema é o estagnamento, a inércia que continua a fazer o povo reclamar sem se erguer da cadeira e lançar-se na praça pública.
As praças públicas portuguesas continuam com a energia potêncial para realizar grandes transformações sociais: logo, os jovens devem sair à rua, organizar movimentos organizados de esclareciemento em espaços indicados para tal, até chegar às praças uma massa de gente esclarecida e pronta para usar o poder popular nas ruas.
Mas... será que existe a energia e a motivação suficientes para realizar (ou, pelo menos, iniciar)tal movimento?

ferroadas disse...

Sendo Portugal um estado de direito (e de direita), soberano e independente, por que carga de água não mandamos naquilo que é nosso. Sendo os USA's e a CIA uma cambada de assassinos e pulhas, porque não dizemos aos gajos: NÃO QUEREMOS MAIS AVIÕES COM PRISIONEIROS A SOBREVOAR OU ABASTECER EM PORTUGAL. Tão simples como isto.

O resto é política e da pior.

Abraço

Marreta disse...

Fantochada! Toda a gente sabe que os vôos por cá passaram, continuam a passar (como foi reconhecido pelo Governo) e hão-de continuar a passar.
É como dizes, se canalizassem as energias para chamar a atenção do FOSSO (que para mim já é um FOSSA, maior que a das Marianas) é que estavam a prestar um bom serviço ao país. O Povinho quer lá saber de vôos, o Povinho quer é comida na mesa.
Saudações do Marreta.

OLIVAR disse...

De acordo!!! Com tanto mafioso, traficante de droga, de armas, membros da Alcaeda, e filhos de puta afins, a entrar e saír dos nossos aeroportos, logos haviam esses gajos de se preocupar com a CIA!!!!!!

Nicolaias disse...

Espero que a minha sugestão de sair para as praças e organizar palestras tenha sido compreendida como algo direccionado para toda a questão da Nova Ordem Mundial, Grupo de Bilderberg, Eugenics, etc. e não somente em relação aos aviões da CIA...

Mariazinha disse...

Os EUA fazem o que querem em troca de migalhas.
Cá na terrinha quem controla o quê?
Só se for o fisco...
Beijocas

Diogo disse...

«Toda a gente sabe que a CIA caga e mija em cima do governo português quando quer.»

Absolutamente de acordo, caro Zorze. Até me parece que esta chamada de atenção para a «cooperação portuguesa com a CIA» será para justificar alguma coisa no futuro.

Abraço

Kaotica disse...

Tens e não tens razão. Claro que é importante zelarmos pelo que nos toca mais directamente: o nosso país, a nossa miséria, o nosso povo. Mas as coisas não estão separadas, elas enredam-se e enredam-nos nas suas malhas (malhas que o Império tece, como disse o Fernando Pessoa)e Gantanamo é um sítio que realmente existe e não devia existir. A CIA está habituada desde os tempos do Mon amie Carlucci a pôr-nos a pata em cima e quem pensou que a pouca vergonha terminara com a condecoração do Portas e a sua passagem pelo governo, é porque não conhece a história do Partido Socialista Português. Afinal vem-se a saber que era mais uma mentira não se saber dos 50 e tal voos, e que alguns deles já são do tempo desta senhora! Vamos ficar mais uma vez indiferentes a mais esta mentira do governo Sócrates? A crise desta vez parece mesmo ser real, mas quantas vezes já nos acenaram com crises que os próprios provocam para nosoutros termos que fazer os sacrifícios? E os direitos humanos dos que estão em Guantanamo que nem sabemos quem são, a que tipo de justiça estão a ser sujeitos. Se nos calarmos perante Gantanamo (e não só) estamos a consentir que continuem a existir e não nos podemos admirar se em breve nos vier bater à porta! "Primeiro levaram o meu vizinho..." (Brecht)

caracolinhos disse...

Aqui no pais do Sócrates ,não se vê nada ,deixa-se passar tudo ,e as leis são uma merda,só se vê quando é para pagar alguma coisa,agora o resto não ligam a nada.

casadegentedoida disse...

Amigo Zorze, concordo quando dizes que eles querem é protagonismo, já que não são capazes de aparecer na A.R. com ideias validas arranjam estas desculpas da CIA com os voos p/ Guantanamo, mas também não podemos nos esquecer que estamos a pagar a factura dos EUA nos apoiarem quando foi de Timor-Leste, é muito fácil dizer: "NÃO OS QUEREMOS CÁ, NÃO ABASTECEMOS MAIS AVIÕES", então vamos nos apoiar em quem? na Rússia? na Máfia Russa? Como é que acham que os EUA ajudaram Portugal contra a Indonésia? Uma mão lava a outra, é assim em todo lado. Direitos Humanos? sim lutamos a favor mas também contra quem é contra os direitos dos outros (terroristas). São uns coitadinhos? olha a pena que eles tem de nós, se puderem lançam logo umas bombas.
Um Abraço do casadegentedoida.

Nicolaias disse...

E pronto: ficaram-se todos pela retórica e ninguém sequer teve a coragem de comentar a minha sugestão de sair para a rua: compreendo a inércia, o estagnamento e até a cobardia que esconde cada um atrás de uma realidade virtual.

casadegentedoida disse...

Caro Nicolaias, agrada-me a sua proposta e as sugestões apresentadas.
As diferenças entre Brasil e Portugal em termos de reacções as alterações são as mesmas, vamos deixando a coisa ir, vamos levando na maior até que um dia chegue alguém e mude isto tudo. Essa pessoa existe (só ainda não sabe que existe) está a espera de ser despertada. Há mais, hoje este espaço virtual é a forma como muitos de nós encontramos maneira de dizer aquilo que queremos e se fossemos para praça publica seriamos enxovalhados, chamados de malucos, parvos e outras coisas mais. Hoje existem pessoas que "navegam" na net só para saber o que as pessoas acham de determinados assuntos, hoje a utilização deste espaço já é discuto até em telejornais e por especialistas, sociólogos, politicos, daqui é possivel fazer alguma coisa, é preciso apenas irmos ao sitio certo e deixarmos a nossa opinião. A minha sozinha não chega mas a de milhares torna-se muito importante. Roma não se fez num dia e outro Humberto Delgado penso que ainda esta longe.
Esta é a minha opinião, é simples mas é o que acho. Um Abraço e Fique Bem.