sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

Brazonados

Brazonados - definição de Zorze: aqueles que têm a mania de terem um brazão, e, aqueles que o têm em termos universalistas de nada vale.
Os Brazonados são uma classe em que são englobadas várias sub-classes.
A saber: os novos-ricos, os trepadores sociais, a classe emergente, os pato-bravos.
Aqueles que gostam de dizer:
- O meu advogado.
- O meu médico.
- A minha empregada.
E a minha preferida.
- O meu gestor de conta.

Como o mundo existe-se para os servir. Com um tapete vermelho.

Por norma são mal-educados (quando pensam o contrário) e arrogantes. Custa-me ver a tratar mal as meninas das lojas franchising que ganham o ordenado mínimo e não se podem queixar, com altiva arrogância e desprezo para quem os atende. Como se tudo estivesse montado para os servir.

Todos os verões as Agências de Viagens os levam para determinados destinos turisticos. Cancun - México, Pipa ou Porto-Galinhas - Brasil ou Tailândia. Se lhes puserem um mapa-mundi no focinho não sabem distinguir a Indonésia de Angola, ou, o Brasil do México. Apesar de lá terem estado fisicamente.
Dizem de boca cheia (boca de broches a cavalos) que já estiveram no Brasil, México, Tailândia e Indonésia sem se aperceberem bem porquê. Estiveram numa praiazita e já conhecem o País. O Brasil, o México... Coitados.
Este ano para aonde os vão levar as Agências de Viagens? Certamente onde lhes der mais lucro.
Os Brazonados gostam de seguir as tendências, modas, qual carneirada que segue o seu pastor. Devoram as revistas Caras, VIP e Nova Gente para estarem a par das novas tendências de outros Brazonados mais famosos.

Os departamentos de marketing das grandes empresas já conhecem bem esta classe e a sua mente. Por isso vão criando novos produtos para os alimentar e que eles comem tudo. À que fazê-los correr. Esta classe é importante porque faz a economia girar.
Eles gostam de centros comerciais megalómanos, gostam de estar no meio da multidão. Pois aonde vai a carneirada é sinal de que é bom.
Por imperativo do meu trabalho consigo recolhecê-los à distância. Mas dá sempre uma vontade enorme de rir quando o meu colega do lado diz: - Lá vem mais um brazonado!
Falta-lhes o cházinho.
Pois é, os Brazonados.

9 comentários:

poesianopopular disse...

Zorze
Acertás-te em cheio nessa classe parasitária que vive na, e da ostentação.
É um facto que, estão, novamente na bérra as tiás e os tios, as Bécas e as Lílis, incluindo as festas tipo balett rouge, o Campo Pequeno é a nova catedral, destas bichanas, e bichanos, tudo apadrinhado por estes novos (democratas)de aviário!
Felicito-te por este post!
Um abraço
José Manangão

São disse...

Eu não lhes chamaria brasonados, mas coisa bem pior!
Gostei do texto, que está bem escrito e tem uma boa análise de certo tipo de gentinha que por aí circula!
Bom fim de semana.

Soontir Fel disse...

Ah pois é, caro Zorze. Esta espécie, longe de entrar em vias de extinção, conforme ditaria Darwin na sua Teoria da Evolução das Espécies, teima em proliferar quais coelhinhos abandonados à sua sorte num vasto prado florido.
Esta classe de energúmenos vive vidas vazias de significado e conteúdo mas ricas de aparições, eventos e modas.
De nada servirá o nosso desabafo, por mais que os preservativos caiam no goto desta população, a ignorância genética que os caracteriza parece conseguir contornar todos e quaisquer contraceptivos.
O que me leva ao tema do meu próximo post: o aborto terapêutico a adultos na linha de Cascais.
Continua a dar-lhes com força, caro amigo!
Um grande abraço,e mil perdões pelas minhas faltas de atenção anteriores.

Diogo disse...

Com a crise que por aí vai (e que aí vem), muitos Brazonados vão deixar de poder falar na «sua empregada» e no «seu gestor de conta», para passarem a falar no «seu subsídio de desemprego» e no «seu passe social». As férias serão no sofá, de cuecas, com os pés enfiados numa bacia de água e a ver um episódio das «Marés Vivas» na televisão.

Papiscuds disse...

Gostei da analise dos Brazonados, da carneirada e afins. A bicharada anda a solta agora perto do fim do mes, cheira-lhes a $$$$$$$. Parabens pelo texto. Continua.
Abraços do Arq.

olivar disse...

Parece haver uma certa confusão sobre os "brazonados" a q Zorze se refere; não se tratam apenas de figuaras do Jet7, tios e cª ldª, mas sim de gente "aparentemente" comum, q gosta de dar nas vistas duma forma mais fácil q o habitual.
Há tempos numa Agª bancária de reduzidas dimensões, verifiquei q um desses brazonados estava a criar uma fila de espera quase perto da entrada a uma distância enormissima do otário do caixa q supostamente o iria atender!! Porra, mas q merda é esta???? O q quer ele??? Um tapete vermelho com fanfarra a acompanhar??? Fodasse isso irrita um santo, há q ser prático, os tempos hoje não estão para isso. Outro exemplo, o facto dos jovens actualmente estacionarem os seus veiculos de uma forma egoísta e pouco civica, pois existindo lugar para 2 carros é onde metem o deles!!!!!!!!!!!!!

atentamente OLIVAR.

Teresa disse...

Ora aí está uma real constatação! Concordo plenamente! Nada mais enervante que esses seres que se acham proprietários de tudo e todos, e que parecem que andam sempre com cheiro a queijo da serra no nariz...Não que conhecessem a qualidade do dito, mas bastava-lhes esfregar o rótulo de um deles, já ardido pelo tempo, que aquelas caras de nojo logo adquirem o seu ar mais natural...! E são dos tais... que arrotam a champanhe depois de terem enfrascado, à tola, uma jarrinha de vinho rasca da casa, que em tempos idos, faziam lembrar o mais reles do espumante...E chamam torresmo ao caviar...Opá...estudassem!!!E pronto...aqui está a minha singela contribuição para este blog tão...blog:) E já agora: mas eu também tenho direito ao MEU gestor de conta? É que o Meu médico disse-me que sim!É que a até a Minha mulher a dias tem!! Credo!!!

Zorze disse...

Caros leitores thanks pelos vossos comentários.
O comentador Olivar queria dar uma ideia diferente e que irá dar num futuro próximo.
Em relação à Teresa, até que enfim.
Falta só os esclarecidos comentários de Miss-Piggy e Silvia Salazar.

Anónimo disse...

lol Brazonados,eu diria mais tios e tias de Cascais,ou Jetset,ou também poderá ser jet7,são pessoas que só vão a festas para depois aparecerem em revistas como a Caras lol,mas também se não fossem essas festas como é que essas pessoas sobreviviam,como é que elas existiam,não iam ter dinheiro para os seus luxos,nem para nada.
E depois dizem que tem empregada,e motorista,e jardineiro,e tratadores de cavalos lol,e que vivem numa mansão 5 estrelas e fazem botox para ficarem tipo múmias,é assim essa gente brazonada.