terça-feira, 19 de maio de 2009

portugal just

Pensei em deixar este post em branco para representar a just que existe em Portugal. Ou seja um vazio, a não-existência, como facto existencialista.

A recente alteração ao Código Penal Português, talvez tenha sido, o erro mais grave que este governo efectuou. Na ânsia de mexer, na ânsia de dinamismo reformador e na ânsia de mostrar serviço, provavelmente a elites que lhes ajudam a manter ou a garantir carreiras de sucesso.

Num singelo fim-de-semana, deitaram às ruas centenas de presidiários, assim, tal e qual, num repente.
Então e os programas de reinserção social? Em que é que ficamos?
Claro que alguns aproveitaram para fugir, outros reincidiram no que os mantinha lá dentro.
Especulou-se que a "mexida" era a jeito do caso Casa Pia. Para safar os pedófilos envolvidos, supostamente, claro está. Como por exemplo Paulo Pedroso, actual candidato PS ao concelho de Almada. Já que se legisla por tudo e por nada, que tal legislar acerca de falta de vergonha na cara.
Num sistema jurídico, conhecido pela a sua just, em tempo recorde saltou uma indemnização por ofensas ao bom nome em tempo record. Record um dos jornais diários mais lidos, daí a explicação de "Como é possível?".
Pilar fundamental de uma democracia é a justiça e a qualidade dos juízes que decidem. Esta última pode fazer toda a diferença.
O em cima-do-joelhismo também se aplica aos juristas. Dantes um juíz para ser Juíz passava largos anos como delegado do ministério público a ganhar tarimba. Hoje e por força das circunstâncias de um País parco em recursos, temos quase miúdos pinçados através de psico-técnicos que são juízes. Conhecem a vertente técnica, beberam a cultura corporativa - a sobrevivência, sempre -, mas, noção da realidade pouca, muito pouca. Quando a Lei tem margens justamente para deixar extensivamente, lugar a interpretações subjectivas.
Ou seja, decidir coisas importantes, como por exemplo vidas de pessoas.
Raras excepções, como o Juíz Rui Teixeira, que foi ao Parlamento agarrar um deputado. Talvez por isso e por viver em Portugal a sua carreira entrou num limbo ordenado por terceiros.

Lopes da Mota? Tanta celeuma, se ele sair outro ocupará o lugar imbuído da doutrina.
Quem se deveria demitir era o ministro Alberto Costa que com as suas visões palacianas e garantísticas do indivíduo no contexto da justiça. A justiça meta-física, voilá.
A realidade são os ciganos, os bairros sociais para enxotar a vergonha das barracas, as mulheres violadas, as crianças abusadas - qual carne fresca - por comparsas de anteriores governos PS/PSD, os criminosos de colarinho branco como Rendeiro e Dias Loureiro que neste País NUNCA VÃO PRESOS.

Porque é que Dias Loureiro não se demite do Conselho de Estado?
Talvez para se pavoniar em Luanda como administrador de cinquenta e tal empresas. Uma coisa é ter o cartão de visita como Conselheiro de Estado de um País just outra é como aldabrão.
De que tem medo Cavaco? Talvez, quiçá, de certas coisas.

Portugal, Portugal... Estás entregue à bicharada, e pior, estás entregue à escumalhada da mais ordinária.

Quid juris?



Publicado em simultâneo no Blog Cheira-me a Revolução!

6 comentários:

Diogo disse...

«Portugal, Portugal... Estás entregue à bicharada, e pior, estás entregue à escumalhada da mais ordinária»

Todo o mundo está no mesmo barco. A escumalhada é dirigente em todo o lado. Terá de ser a malta da Internet, a única com acesso a informação não filtrada, que terá de pôr cobro a isto.

Abraço

Mariazinha disse...

Portugal já não nos pertence.
Quem manda aqui são os Biderbergers.
Este Socrates não passa de uma marioneta.

Beijokas

Susana Garcia disse...

é verdade amigo Zorze,a nossa justiça não tem passado de uma injustiça ,em Portugal não há justiça nenhuma,os criminosos andam por ai á solta,e os pedófilos e tudo o mais que houver,porque por causa da alteração ao código penal ninguém fica preso é verdade.E depois também é a injustiça de casos mal resolvidos como o que esteve em destaque ontem nas noticias,da menina que foi entregue á mãe biológica e que vai agora para a Russia,enfim por causa de um juiz que não sei onde tinha a cabeça quando tomou a decisão,a menina vai ser entregue aos bichos que é mesmo,porque a mãe que nunca a quis criar,é alcoólica e continua a ser,é uma vergonha mesmo estas coisas acontecerem.
beijinhos

casadegentedoida disse...

Como pode haver leis justas quando elas são feitas por corruptos, por quem deveria combater a corrupção?
Quem vai demitir o Dias Loureiro se tem todos o "rabo preso"? Quanto não ganharam eles a custa do BPN? É verdade quando dizes, antigamente para ser Juiz tinha de ter anos de Ministério Publico, hoje qualquer "merdas" acabado o curso de Direito pode tirar a especialidade de Juiz, Jurista ou o que for. Quem vai penalizar o Lopes da Mota? É tudo farinha do mesmo saco. Mal por mal ainda prefiro as Just Girls, sempre lavo a vista. Abraços.
Não te esqueças da Oração.
casadegentedoida

5 disse...

A rede é larga são amigos de amigos...(interesseiros) telefonemas e e-mails..."""simples como nós"""...numa atitude que começa a atingir cumplicidade...tal... e não são os verdes nem os brancos nem os laranjas as bolinhas são os interessados...que lá estão!!! e quem são?

Todos os partidos! COMEM!!!

Quem é a base?
NÓS!

A maturação da democrácia estagnou na ganância de muitos... na estupidez de alguns e na infantilidade de muitos...

Fomentar e Acordar Portugal...mesmo que nos inverta para o mundo é a direcção

Marreta disse...

Epá atenção às ofensas! É que eu ando a tirar a licenciatura para escumalha e já vou no bacharelato.
Como titular de 2 licenciaturas posso aqui afirmar que esta tem sido a mais fácil de tirar, pese embora tenha tido alguma dificuldade na cadeira de corrupção activa, isto por falta de prática. Com o tempo lá vou.

Saudações honoris causa do Marreta.