quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

Tiro ao Alvo

Li há uns dias no jornal Público uma notícia deveras interessante. Está neste momento em rota de colisão com o Planeta Marte segundo a divisão da NASA ( NEOP - Near Earth Object Program) especializada na "vigilância" dos nossos céus, um asteróide - 2007 WD5 - com 50 metros de comprimento e a deslocar-se a 13 Kms/segundo. Calculam os peritos que irá chegar a Marte por volta de 30 de Janeiro com uma probabilidade de 1/75 de colidir com Marte e fazendo uma cratera de 1 Km de diâmetro mais ou menos, na superfície marciana. Se não embater em Marte vai passar daqui a alguns anos no nosso Planeta a rasar ( alguns bons milhões de Kms ). Ver link da NEOP nas Ligações Interessantes deste Blog.
Estas notícias são boas para nos lembrarmos de vez em quando como somos muito pequeninos e frágeis. De um momento para outro, tudo o que nós temos como certo pode desaparecer num instante.

4 comentários:

Soontir Fel disse...

Ai ai, o Sr. Zorze a a matemática... Lá bubeu mais no dia de Natal - então, Sr. Extrafísico, 13.000 Km por segundo???? Perto de 1/30 avos da velocidade da luz??? Mas o asteroide tem a Enterprise enfiada no cu, é????
Hum, bom, terminada esta pequena dissertação de conteúdos certamente gráficos mas não menos verdadeiros, tenho a informar que, apesar da vontade do meu amigo que tudo no universo se desloque à velocidade das consciências extrafísicas, a realidade é bem mais triste.
Se o asteroide se deslocasse a essa velocidade e acertasse em Marte lamento mas não fazia uma cratera de 1 Km, mas sim uma de 1000 km(ozinhos) para aí, o que seria mau, certamente, pois levantaria poeira que até aqui faria tosse.
Para ajudar, dado que Marte está relativamente perto de nós (ajuda-me Teresa, que isto de distâncias é mais contigo, melhere!), se ele se deslocasse a essa velocidade em meia duzia de minutos partia-nos a boca toda, depois de falhar Marte.
Tirando esta pequena e insignificante falha de cálculo, (13.000 em vez de 13, coisa mínima...) o artigo está muito interessante, gostei, sim senhor.
Um grande abraço amigo!!

Zorze disse...

Thanks pelo reparo. Foi um lapso. Às vezes precipito-me. Já está emendado. Onde estava 13 mil Km/segundo está 13 mil Km/hora. Estava a ver se alguém estava com atenção ( risos ). Já agora ficas a saber que o nosso Mentalsoma consegue viajar muito mas mesmo muito acima da velocidade da luz. Isto das velocidades de deslocação tem muito que se lhe diga. Por exemplo esta noite vou até à constelação Orion visitar o Planeta Azul a 300 milhões de anos-luz daqui e ainda venho a tempo de acordar de manhã para ir para o trabalho. Estou a brincar, hummm ...
Um grande abraço compaignon de route.

Soontir Fel disse...

Boas, Sr. Zorze!! Bem, tirando o facto de eu estar com uma valente carga viral (certamente resultado de estar exposto a ares condicionados e coisa que tais), é com muito agrado que vejo que reparou no erro. Só foi pena que a correcção fosse seja mais engraçada... Então 13 Km/s passa para 13.000 Km/h através de que fórmula mágica que eu desconheço? Se por acaso quiséssemos aplicar uma equação complicadíssima que eu explicaria aqui se tivesse tempo e espaço (ou seja, multiplicar 13 por 3.600 - o nº de segundos numa hora) chegaríamos ao número 46.800.
Ora estes quase 47 mil Km/h são um nada mais céleres que os 13 mil do meu amigo - bem mais lento que uma consciex, é certo, mas cerca de 3,6 vezes mais rápido que o tal asteróide, ainda assim.
Como tal, agradecia que parasse de atrasar ou acelerar a vida ao dito corpo celeste, que com essas contas já não sabe se passa por Marte antes do planeta lá estar ou se só lá chega no ano 3000 (este último "cálculo" teve apenas fins humurísticos e não deve ser interpretado como vagamente realista).
E já agora, se falamos da Nebulosa ou Nébula de Orion está só a cerca de 1.300 anos-luz daqui - se for a cintura (aquelas 3 estrelinhas), estará a cerca de 1.500 anos-luz (isto varia um nadinha consoante as fontes) - ou seja, como viajas muito rápido passavas por lá e ias parar algures (consulta mapa... murmura para si mesmo... perde-se...volta atrás...consulta um GPS) perto de... pois, nem sei. O centro da nossa galáxiazita está a cerca de 24.800 anos-luz, portanto nem faço ideia de onde irias parar. Mas era certamemnte fora da região do Barreiro, para onde quere sir, companheiro. :)
Do mundo maravilhoso das bactérias, fungos, virus e alergias te envio uma grande saudação, amigo!!
P.S. : Vamos lá ver se tenho coragem de ir trabalhar... :(

Zorze disse...

Bem, para confirmar o provérbio - não há duas sem três - não é que houve outro engano. Como foi possível ? Vou ter que chamar os meus assessores e cabeças vão rolar.
Depois de toda esta confusão com as velocidades o Sr. Soontir Fel apanhou uma virose daquelas. Quanto ao GPS não faças como alguém que eu conheço que pôs o mapa da Charneca para ir até Vale de Milhaços e ia parando na Costa da Caparica ( risos )!!! Isto dos GPS's têm muito que se lhe diga.
Vá as melhoras companheiro, que um colega como tu faz sempre falta.
P.S : Manda-lhe dois ou três whiskeys pela goela abaixo que vai virose, vai bicharada, vai tudo.