sábado, 15 de agosto de 2009

Portugal é um grande caso BPN

Há poucos dias no programa de economia da SIC Notícias apresentado pelo jornalista Gomes Ferreira, o convidado foi Medina Carreira.
Sem papas na língua e descomprometido com os políticos e as políticas, aborda a questão portuguesa. Como fala verdade, pura e dura, é considerado por muitos uma espécie de maluquinho.
Malucos ou parvos, digo eu, serão os nossos governantes que trabalham para si e grande parte do nosso povo que se mantém na ignorância, ignorância consentida, sublinho. Também pouco faz para sair da letargia em que se deixou enredar. Quando tenta, como burricozinho que é, sente-se perdido e acaba por discutir as questões laterais, como se fosse o dono da razão.

Nesta entrevista, Medina Carreira aflora várias temáticas com as quais concordo, por serem as mais lógicas e por serem as coisas certas que deveríamos fazer.
Ilustra muito bem, alguns dos pontos negros e bloqueadores que aprisionam o nosso crescimento enquanto País.
Políticos corruptos, leis feitas por legisladores ladrões, uma horda imensa de penduras do Estado, um sistema judicial a fingir e por aí adiante.
E principalmente uma comunicação social superficial que coloca o enfoque nas questões acessórias, manobrando a opinião pública para aquilo que não é essencial. São os papagaios...

Quando se diz que o nosso País está entregue à bicharada, não é uma simples ladainha, é a realidade.
Portugal esteve sempre em crise. No momento presente ela é orquestrada pelos incompetentes e sinuosos do PS e PSD, que fazem o favor de deixar o nosso País cada vez mais pobre.

Fica em baixo essa entrevista, em cinco vídeos embutidos em role-play. Não só ver, mas, fundamentalmente entender.

8 comentários:

Bruno disse...

É sempre interessante ver as entrevistas do Medina.

Concordo com a teoria dele da "bebedeira". Teoria essa de que nos estão sempre e enfiar com números pelos ouvidos a dentro, que só serve para distrair e enrolar-nos. No entanto, acho que ele acaba também por ser um "embebedor".

Concordo com ele quando diz que é preciso saber os motivos pelo qual não se investe no nosso pais, mas antes noutros. Acrescentaria o óbvio: o capital tende a move-se para onde tem maiores margens de lucro.

Justiça, é um factor que provoca a diminuição das margens de lucro, logo o Medina diz aquilo que todos concordamos em relação à Justiça. Que esta tem de ser mais celere (e justa!).

Não concordo que o problema nacional se resolve com incentivos ao investimento e respectivo equilíbrio comercial entre importações/exportações. (se é que estou a usar os termos correctos)

...

No geral, agrada-me muito a postura do Medina Carreira, mas não deixa de ser um "economista" com a visão limitada quanto às soluções políticas possíveis.

PS: economista com aspas, não apenas para tirar-lhe mérito como tal, mas porque como ele frisa várias vezes: Medina não é mesmo economista.
Bom seria, no entanto, que a maioria dos economistas que vão à TV fossem ao menos como ele...

---------------------------
Já agora deixo um link para uma outra entrevista (pelo Mário Crespo) ao Medina:
http://socrates.com.pt/2009/03/12/medina-carreira-entrevistado-por-mario-crespo/

antonio disse...

Zorze, é claro que Medina tem razão nalgumas coisas que diz.

Mas o fundamental da questão é uma mudança política e penso que não é isso que ele preconiza.

Abraço!

casadegentedoida disse...

Zorze gostei do texto e acho que tem toda a razão nas afirmações que fez.
Só não vê quem não quer, quem tem interesses em jogo sejam de que partido for. Este ou qualquer outro que venha serão sempre um desgoverno.
Abraços.

mugabe disse...

Amigo gente doida, porque é que tu insistes em só dizer merda ???

mugabe disse...

Amigo gente doida, porque é que tu insistes em só dizer merda ???

J.S. Teixeira disse...

Portugal é, cada vez mais, um paraíso para os burlões e os corruptos. Com governos neoliberais tudo é permitido aos senhores do dinheiro.

É inadmissível o pagamento que o candidato do PSD Seixal irá fazer (ou já fez) a 3 jornais locais em troca de publicidade à sua candidatura. Saiba porquê no blogue O Flamingo.

Ana Camarra disse...

Zorzito

A minha internet de vacances não me permite ver os videos, o meu horário de vacances sem rumo não me permite ver essas coisas, mas acredito no que dizes e sim senhor está entregue á bicharada, talvez seja altura de nos vermos livres deles...

Mais que altura!

Beijos salgados

Red Eagle disse...

Ora aqui está alguém que não têm papas na lingua