quarta-feira, 16 de junho de 2010

Na neh nah



Publicado em simultâneo no Cheira-me a Revolução!

2 comentários:

Red Eagle disse...

Adoro este música

Saudações Chaladas

Diogo disse...

Na neh nah!

Uma canção lindíssima que vem provar um velho ponto de vista meu: a voz humana é apenas mais um instrumento de uma música (embora um dos mais importantes). O poema é, na esmagadora maioria das vezes, completamente irrelevante. Quando comecei a minha adolescência tornei-me um grande apreciador de música, embora não percebesse quase nada de inglês.