segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Hoje, Lisboa - Parque das Nações






9 comentários:

Diogo disse...

Belas fotografias de um espaço que eu considero desumanizado.

Abraço

Susana Garcia disse...

É muito fixe amigo Zorze mas com bom tempo, não é com o tempo que esteve hoje lol.bjs

Pata Negra disse...

Com que então a passear! O parque da nações não é na Expo?!!
Um abraço do meu cão que se chama Farrusco

poesianopopular disse...

Zorze
Tenho vizitado muito o Parque das Nações, pois vivem lá as minhas netas no Passeio do Adamastor (é assim o nome da rua), mas sinceramente, tudo aquilo é extremamente frio e calculado, faltando aquele calor do nosso bairro, talvez porque ainda não existam gerações que ali tenham nascido para poderem dizer (Eu sou do Parque das Nações) como outros dizem com orgulho (eu sou da Mouraria ou outro, no entanto não deixarei de reconhecer que existe qualidade de vida de nível superior em relação ao resto do país.
Gostei das tuas fotos, e daquí por mais uns tempos talvez venha a gostar mais do sítio.
Abraço companheiro!

alex campos disse...

Um bom ano.
Tens um prémio à tua espera no meu blogue.

um abraço

Camolas disse...

É a melhor altura para curtir os Parque da Nações, silêncio e espaço vital.

Ana Camarra disse...

Zorzito

Não gosto muito daquilo, é "certinho" demais!
Gosto do peixanário, mas já vi muitas vezes!

beijo

mugabe disse...

Gosto do Parque das Nações apesar de reconhecer que é o ex-libris da política neo-liberal.

Espero a tua participação no Fans de Vinícius e Tom Jobim, pois és um símbolo do Garoto de Ipanema heheheh

Abraço!

casadegentedoida disse...

Não gosto, nunca gostei, não me diz nada, sem significado. São mais umas series de edificios de apartamentos sem história, sem alma, betão e mais betão. Ficou melhor do que estava-
Abraços.